Anuncios

sábado, dezembro 18, 2010

Pastel de Milho


Tido como um petisco do folclore de Itajubá - MG, o pastel de milho tem sua origem nos primeiros monjolos e moinhos da região. Relatos apontam que a receita foi passada por uma ex-escrava para uma senhora conhecida como "Velha Strutz" que comercializava o pastel no antigo mercado municipal no inicio do século XX. 

Segue a receita para os que não puderem visitar Itajubá nestas festas de fim de Ano...

Ingredientes
500 g de farinha de milho
7 colheres (sopa) polvilho azedo
Sal a gosto
Água até dar o ponto (de 1 a 2 litros)
Recheio a gosto (os mais pedidos é o de queijo e de carne moída)
Óleo para fritar

Modo de Preparo
Primeiro coloque a água para ferver, em uma tigela coloque a farinha de milho e o polvilho, amasse a farinha de milho até obter uma textura de farofa
Coloque o sal e água fervendo, e vai sovando, primeiro com a colher de pau depois com as mãos, a massa tem que ficar bem lisa
Abra essa massa em um plástico coloque o recheio e frite até dourar, jogando óleo em cima do pastel para que eles cresçam
Saborear eles ainda quentes

11 comentários:

  1. O pessoal de Pouso Alegre registrou em cartorio este pastel como sendo oriundo de lá

    ResponderExcluir
  2. Esse pastel é muito bom, no bar Itajubar ( Tijuca- Rio de Janeiro )tem o mesmo e vem direto de Itajubá,vale a pena experimentar !!! A cerveja também é muiiiito gelada

    ResponderExcluir
  3. Eu moro em SP, e sempre que vou a Itajubá, eu degusto essa maravilha na feira aos domingos...Delicioso

    ResponderExcluir
  4. É maravilhoso este pastel.. minha mãe mora em itajuba e quando vou la ela faz para mim!!

    AMO!!!!

    ResponderExcluir
  5. Aqui nóis chama esse trem de paster de angú..tem muito em Itabirito. Quem mió sabe fazê é a Dona Deuzinha da Carioca.....bão dimais da conta, sô?

    ResponderExcluir
  6. Hummmmmmmm, este pastel é maravilhoso, tem em Pouso Alegre, daki a dois anos vou comer muito estarei passando na minha cidade natal.

    ResponderExcluir
  7. Sei não hem! O pessoal do norte de Minas também jura que esse pastel é originário de lá! O Melhor que já comi é o de carne de sol com tomate seco, em Montes Claros. Simplesmente divino!

    ResponderExcluir
  8. Não coloco sete colheres de polvilho, coloco apenas três e dá certo. Minha mãe fazia esses pastéis desde que tinha mesu oito anos de idade. Recordo muito bem como ela aprendeu. Tinha uma senhora bem baixinha que morava na Rua Dr. Américo de Oliveira que fazia e vendia e ensinou minha mãe. Essa senhora chamava D. Brasilinha.
    Faz anos pois tenho sessenta tres anos de idade. Esse pastel é patrimonio de Itajubá e não de Pouso Alegre.

    ResponderExcluir
  9. Oi Pessoal. Minha mãe faz esses maravilhosos pastéis de farinha de milho. Além do tradicional com carne moída ela ainda faz com calabresa, queijo e carne seca. Sem contar os outros tipos de salgados de qualidade que ela e a sócia distribuem para toda a cidade e região. Vale a pena experimentar!
    Segue o link com informações!

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=280787372011237&set=a.217002128389762.49776.100002399301364&type=3&theater

    ResponderExcluir
  10. Namorei uma moça de Itajubá e sempre aos Sábados minha ex-sogra fazia esse pastel.
    Eu adorava. Ela me ensinou fazer só que eu esqueci a receita e hoje pude relembrar. do pastel é claro!
    Valeu

    ResponderExcluir
  11. Faço este pastel há muito tempo. Sou de Itajubá. Aprendi com minha mãe. Tem pessoas que fazem com massa de angú, mas não é a mesma coisa. Toda vez que minha família se reune faço pastel para todos nós. É bão demais sô.

    ResponderExcluir