Anuncios

sexta-feira, janeiro 28, 2011

Caninha Tatuzinho

Apenas um exemplo de como um plano de marketing mal elaborado pode detonar um produto de sucesso.

O desenvolvimento da marca "Caninha Tatuzinho" foi realizado entre os anos 40 e 70 em Piracicaba, baseado nas seguintes idéias:

  • O nome “Caninha Tatuzinho” tem sua história, pois a caninha era feita com uma cana especial, mais fina. Pinga e cachaça sempre foram nomes pejorativos. Quem gosta de ser chamado de “pinguço” ou “cachaceiro”? Caninha dava um tom de aperitivo, base para coquetéis e batidas. 
  • Dizem que Tatuzinho veio em decorrência, sem comprovação histórica, de um indivíduo que, quando bebia, deitava e rastejava no chão como um tatu. Mas a maior sacada foi manter o tatu na posição correta enquanto o "distinto degustador" estava sendo servido.

Vejam pela foto original da idéia:


E como ficou o produto:


No entanto a marca foi vendida, no início dos anos 80, para um grupo de Rio Claro e algum destes gênios de marketing, provavelmente com MBA em Harvard, resolveu inovar mexendo com o pobre do tatu. E daí tornou-se clara a rejeição pela marca, pois nenhum "apreciador" que se preze queria enxergar o tatu de ponta cabeça ao ser servido.



Dessa eu não quero!!!  O bicho tá de ponta cabeça!!! Parece que eu tô tonto, sô!!!

Fim de mais um caso de sucesso no Brasil!

Um comentário: