Anuncios

domingo, novembro 13, 2011

O Caipira e a Vendedora


O caipira estava na capitar fazendo um serviço de jardinagem para uma madame. Na hora do armoço saiu para fazer uma boquinha no centro. Ao passar por uma esquina, se deparou com um grande edifício ainda em construção, 4 dormitórios, 300 metros quadrados, 5 vagas de garagem.
Ficou impressionado com a vendedora dentro do stand de vendas, uma loura escultural, capa de revista, um metro e oitenta com tudo em cima, espetáculo.
Resolveu entrar no recinto para olhar aquela beldade mais de perto.
O avião se aproximou dele, com os cabelos levemente esvoaçantes e o recepcionou:
- Olá, posso ajudar?
- Tô só oiânu.
- E está gostando do que vê?
- Nus, si tô uai. Achei uma coisa bunita dimais da conta, nunca vi inguar.
- Que bom, gostaria de olhar mais de perto? Há uma maquete logo ali…
- Óia quero vê maquete não sinhora, mió ficar aqui oiânu o tamanho originar messz.
- Mas ainda não está totalmente pronto.
- Nossinhóra moça e tem pra onde miorá ainda?
- Tem sim, muito mais. Espere até ver as curvas das sacadas da frente e dos fundos, o acabamento externo, tudo de primeira qualidade. O revestimento das paredes internas então, é um luxo.
- Eita, mai com revestimento interno nunca vi não uai. Isso vai custá me custá uma furtuna intão.
- Pode ser tudinho seu agora mesmo por apenas um milhão.
- Um milhão? Mai… tem um detalhe… e a garage? É apertadinha?
- Não senhor, é a garagem mais larga que o senhor já viu.
- Ahhh, sabia que tinha argum defeito, tava bão dimais pra sê verdade uai.

Nenhum comentário:

Postar um comentário